Select Page

Intra-Africa Academic Mobility Scheme

Academic Mobility for African Sustainable Development/AMAS

Informação Importante para o candidato

Todos os detalhes do anúncio estão disponíveis no website AMAS em http://amasproject.org

Página electrónica; http://amasproject.org/application-details-procedures/

Programa de Mobilidade Académica Intra-África                 

O Programa de Mobilidade Académica Intra-África apoia a cooperação entre países de África. O objetivo global do programa é promover o desenvolvimento sustentável e contribuir, em última instância, para a redução da pobreza, mediante o aumento da disponibilidade de mão-de-obra formada e altamente qualificada em África. O objetivo específico do programa é o de melhorar as qualificações e competências dos estudantes e do pessoal, graças a um reforço da mobilidade intra-africana. O reforço da cooperação entre as instituições de ensino superior em África ampliará o acesso a uma educação de qualidade, o que constitui um incentivo e permitirá aos estudantes africanos iniciar estudos de pós-graduação no continente africano. Além disso, a mobilidade de pessoal (docente e administrativo) reforçará a capacidade para a realização da cooperação internacional entre as instituições de ensino superior em África. Mais precisamente, o Programa de Mobilidade Académica Intra-África visa:

  • contribuir para a melhoria da qualidade do ensino superior através da promoção da internacionalização e harmonização dos programas e curricula nas instituições participantes;
  • permitir que os estudantes, pessoal docente e administrativo beneficiem linguística, cultural e profissionalmente da experiência obtida no contexto da mobilidade para outro país africano.

O Programa de Mobilidade Académica Intra-África é estabelecido no âmbito do Programa Pan-Africano e baseia-se na experiência do Programa da Mobilidade Académica Intra-ACP. A Agência Executiva para a Educação, Audiovisual e Cultura (EACEA), uma agência da Comissão Europeia, é responsável pela gestão do programa, em colaboração com a Comissão da União Africana (African Union Commission, AUC), sob a supervisão da Direção-Geral da Cooperação Internacional e do Desenvolvimento da Comissão Europeia. Mais detalhes do programa estão disponíveis no https://eacea.ec.europa.eu/intra-africa_en

Campos temáticos de estudo no Projecto AMAS: Ciências Sociais e Governação

A parceria do Projecto AMAS

Devido aos avanços actuais na comunicação, globalização e a velocidade da criação de conhecimento, a mobilidade académica, através de projectos como “Academic Mobility for African Sustainable Development (Mobilidade Académica para o Desenvolvimento Sustentável Africano (AMAS)”, é instrumental na criação de palcos para um desenvolvimento contextual em África, baseado em evidências, com uma efectiva troca de conhecimento entre cinco universidades em quatro regiões distintas do continente. As Universidades Parceiras (Partner Universities, PUs) no projecto AMAS são:

  • Moi University (MU), Quénia;
  • Université Mohammed V de Rabat (UM5R), Marrocos;
  • Addis Ababa University (AAU), Etiópia;
  • Université d’Abomey-Calavi (UAC), Benin;
  • Universidade Eduardo Mondlane (UEM), Moçambique;
  • Universität de Bayreuth (UBT), Alemanha.

Os fluxos de mobilidade dentro do projecto AMAS ocorrerão entre as cinco (5) universidades parceiras (incluindo Moi University, universidade coordenadora do projecto), mas NÃO a Universidade que é parceira técnica (Universität de Bayreuth (UBT), Alemanha). Isto se deve parcialmente ao facto de o projecto ter sido concebido para servir para a mobilidade académica intra-africana. O Projecto tem o objectivo de facilitar a mobilidade académica de estudantes de mestrado e de doutoramento e o intercâmbio entre as 5 Universidades Africanas para estudar em alguns programas académicos seleccionados dentro de uma disciplina ampla como Ciências Sociais e Governação. Adicionalmente, o Projecto AMAS tem uma componente de mobilidade de pessoal, descrita em detalhe seguidamente in nos critérios de selecção de pessoal. Detalhes sobre o Projecto AMAS estão disponíveis em at http://amasproject.org. 

Pessoal Académico e Administrativo

Para ser elegível à bolsa, o pessoal académico e administrativo, aqui designado por “pessoal”, deverá cumprir os seguintes critérios:

  1. (a) Ser um cidadão nacional ou residente num dos países elegíveis cobertos pelo Programa; (ver Secção 6.1 do Documento do Anúncio de Propostas);

(b) Ser funcionário ou estar associado a uma das Universidades Parceiras, (incluindo a instituição coordenadora que apresenta a candidatura).

O projecto cuidará da organização e implementação da mobilidade de estudantes e pessoal em programas de mestrado e doutoramento de alta qualidade, assim como da oferta de formação/treino e outros serviços a estudantes estrangeiros, de oportunidades de ensino/treino, de trabalhos de investigação e de outros serviços ao pessoal de países cobertos pelo projecto.

Mobilidade de Pessoal

Os elegíveis à

 Intra-Africa Academic Mobility Scheme

 

Academic Mobility for African Sustainable Development/AMAS

The overall objective of the Intra-Africa Academic Mobility programme is to promote sustainable development and ultimately contribute to poverty reduction by increasing the availability of trained and qualified high-level professional manpower in Africa.